Será que teremos entregas de serviço de impressão via drones?

Nos últimos meses de 2019 a notícia apareceu em alguns dos principais sites de tecnologia de fora. Tanto a CVS quanto o Walgreens (duas das maiores redes de farmácias norte-americanas e do mundo) anunciaram os primeiros testes reais com entregas de medicamentos e alguns produtos selecionados. Primeiro é bom explicar: as duas marcas atuam com verdadeiros minimercados com uma série de itens e serviços que vão muito além de medicamentos. Algo que é permitido por lei naquele país. Diferente do Brasil (onde isso não é permitido tirando em Belo Horizonte onde a rede Araújo atua com liminar). O fato é que estamos falando de mais de 20 mil pontos das duas empresas dos EUA e em boa parte delas tem uma área de impressão. Tanto com quiosques quanto via internet. Os clientes podem enviar via aplicativo e buscar em 30 minutos na loja mais próxima ou receber em casa com custo extra.


Pois com o anúncio da entrega com drones não é difícil imaginar que em breve as duas redes vão começar a entregar foto presentes e fotos avulsas via drone. Parece bobagem? Ou seria o futuro do varejo 4.0 omnichannel (que integra a loja física com o digital de forma única). Sobretudo porque quase 80% dos norte-americanos moram a menos de 8 quilômetros de um Walgreens.

Veja como está sendo a experiência para cada marca:

Walgreens conta com quase 10 mil pontos na América do Norte. O teste do drones foi feito em parceria com a Wing (subsidiária de drones do Google). O primeiro voo comercial com entrega de drone ocorreu em outubro passado na cidade de Christianburg no estado de Virgínia. Com isso, a Walgreens foi a primeira varejista daquele país a fazer uma entrega da loja na porta do cliente. O primeiríssimo teste envolveu o delivery de xarope para tosse e resfriado, uma água e Tylenol. A Wing foi a primeira empresa com autorização da FAA (autoridade de aviação dos EUA). As entregas oficiais para outros locais e clientes será feita a partir de abril próximo e deve envolver a entrega de outros produtos e serviços. A colaboração da Wing em conjunto com o prevê a entrega de mais de 100 produtos usando drone.

Comece 2020 no R.U.M.O. certo – Conheça a atividade da ENF que vai ajudar você em seus negócios

O consumidor precisa baixar o app da Wing e solicitar um dos kits de produtos pré-selecionados. Como primeiros socorros, lanches para crianças, kit para dor e itens individuais (medicamentos sob prescrição médica não entram na oferta). Não é difícil imaginar o Walgreens cobrando uma taxa extra de consumidores que queiram receber fotos impressas na porta de casa via drone. Segundo o Walgreens, não terá essa taxa cobrada em separado no começo. Ou seja, será mais um serviço diferenciado. “A Walgreens continua a explorar parcerias para transformar e modernizar a experiência do cliente e estamos orgulhosos de ser o primeiro varejista nos EUA a oferecer uma opção de entrega com drones comerciais sob demanda com a Wing”, disse Vish Sankaran, diretor de inovação da Walgreen.