Saiba como montar o seu laboratório analógico para revelar suas fotos em casa

Não é preciso ter um laboratório profissional para revelar suas fotos; veja o que é preciso para montar um em sua própria casa

Apesar de ser comum tirarmos fotos com celulares ou câmeras digitais, há quem ainda goste de fazer fotografias analógicas, seja por hobby ou por gostar de como elas ficam diferentes. Essa atividade fica ainda mais divertida quando revelamos os filmes por conta própria. E nem é preciso ter um laboratório profissional para isso. Dá para fazer na sua própria casa.

Antes de mais nada, você precisa escolher um cômodo que possa ficar totalmente escuro. Não se preocupe: não é necessário ter um quarto a mais só para isso. Normalmente, o banheiro, um porão ou sótão são suficientes. O ideal é que tenha uma torneira, mas não é obrigatório.

Para deixar o espaço completamente escuro, você pode cobrir as janelas com um tecido, papelão ou madeira compensada – use uma lixadeira para deixá-la do tamanho correto. A borda das portas também precisa ser coberta.

Como o local estará totalmente fechado, vale investir em um exaustor para manter a ventilação. Afinal, você irá manusear substâncias químicas, então é importante que haja circulação do ar. Além disso, é necessária uma luz de segurança – aquela lâmpada vermelha –, para que você possa enxergar o que estiver fazendo sem danificar o filme.

O segundo passo é adquirir os produtos e equipamentos que serão utilizados na revelação. Basicamente, você irá precisar de um tanque e espiral de revelação para colocar o filme, um funil, de uma a três jarras graduadas e um termômetro químico. Esses itens podem ser comprados separadamente, mas em lojas especializadas é possível comprá-los juntos em um kit.

Já as substâncias utilizadas serão três: uma solução reveladora, uma fixadora e uma interruptora. Elas também são vendidas em lojas de fotografia, mas a última dá para fazer em casa, misturando um pouco de vinagre com água.

A última coisa a preparar é a organização do laboratório. Separe-o ao meio, deixando uma metade “seca” e outra “molhada”. Na parte molhada – se houver pia no cômodo, é aí que ela tem que ficar –, devem estar todos os produtos químicos e utensílios usados no momento da revelação. Na metade seca, ficam os equipamentos eletrônicos, como as câmeras e o ampliador. Uma dica é ter uma bancada de cada lado com gavetas ou armários protegidos da luz para deixar tudo guardado.

E se eu não tiver um cômodo em casa para fazer o laboratório?

Quem não tem a possibilidade de transformar um espaço do lar em laboratório também consegue revelar fotos na própria residência fazendo algumas adaptações. Nesse caso, você só precisa de um local que tenha pia, um recipiente escuro para guardar seus equipamentos protegidos da luz e uma changing bag ou um paletó preto, para proteger o filme no momento de colocá-lo na espiral e no tanque.

Os produtos químicos, além de serem guardados na caixa escura, devem ser armazenados em garrafas de âmbar ou pet, cobertas com papel-alumínio.

#Filmefotográfico #fotografia #fotografiaanalógica #mercadofotográfico

0 comentário