O ousado investimento de um fotógrafo francês no metaverso, criptomoedas e moda

Destaque em matéria recente da Vogue internacional, Hugo Comte está com três projetos que misturam fotografia, moda, metaverso e criptomoeda

O francês Hugo Comte foi destaque recente de uma matéria internacional da Vogue. Ele está com três grandes projetos, entre eles o lançamento de uma criptomoeda ($Nikita). Além disso, ele colaborou a estilista Ib Kamara para uma exposição que estreia essa semana em uma galeria parisiense.

De acordo com a Vogue, Comte se destacou durante a pandemia depois que ele fotografou a capa do álbum Future Nostalgia de Dua Lipa, os fãs começaram a perseguir obsessivamente seus perfis nas redes sociais. Nelas, Comte posta imagens de sessões de fotos da Vogue, editoriais 032C e campanhas para Bulgari, Zara e Heaven por Marc Jacobs. “Tenho 180 mil pessoas que me seguem no Instagram, e eles vêem meu trabalho, mas eu não os vejo”, diz ele. “Quero mudar completamente e quebrar a forma como interajo com minha comunidade.”

Metaverso – Comte explica o lançamento do token $Nikita, uma moeda digital que vai ajudar na construção de um clube de fãs do fotógrafo. Os visitantes de seu site poderão adquirir tokens enquanto se envolvem com os conteúdos do fotógrafo. Quem investir terá acesso premium a fotos de bastidores, palestras no estilo MasterClass, podcasts e conversas.

Imagem pode conter Armadura Humana e Pessoa

“O Cavaleiro” da exposição “Testament”, de Hugo Comte e Ib KamaraFoto: Hugo Comte

“É uma maneira de construir uma ponte entre o público da cultura pop que eu tenho, o público de alta moda que eu tenho e o público mais cripto”, diz ele. “Todos esses públicos precisam um do outro, então para mim, é realmente sobre construir uma ponte. Eu gostaria de começar a dar algo um pouco mais aberto e mais acessível” disse. O token vai se combinar com a plataforma no metaverso que reunirá todos esses conteúdos do fotógrafo. Algo que na visão dele vai deixar com que ele fique mais independente de revistas, mídias sociais ou outros artistas para promover projetos existentes. Ao estabelecer um grupo dedicado de membros exclusivos, ele terá não apenas controle do próprio trabalho, mas as narrativas por trás dele. “É muito novo, e o que eu gosto na coisa toda é que o dinheiro não é a única moeda. É como se seu gosto se tornasse a moeda aqui. Sua lealdade aos artistas se torna moeda. Eu realmente gosto dessa ideia”. Na prática, os fãs que comprarem a $Nikita terão acesso a coisas exclusivas. Quando a exposição “Testament” for aberta em Paris ainda esta semana, os detentores de tokens terão acesso a um painel de perguntas e respostas exclusivo entre Comte e a estilista Kamara. De acordo com a Vogue, o fotógrafo e a estilista terão muito o que discutir. As imagens, feitas há quase um ano, são representações de suas diferentes histórias: Kamara é da Serra Leoa, mudou-se para a Gâmbia, e se estabeleceu em Londres trabalhando como estilista antes de se tornar editora-chefe da Dazed em 2019. O pai de Comte é da Argélia, e sua mãe é do Caribe. “A exposição começou com o desejo de dar sentido a quem sou no meu trabalho, porque acho que tinha a tendência de realmente criar uma lacuna entre o que faço e quem eu sou”, disse o fotógrafo.

Imagem pode conter Mamífero Animal e Ave da Pessoa Humana Ajuma Nasenyana

Clothing by Dear Nikita, a collaboration with Lois Saunders

As fotografias criadas por Comte e estilizadas por Kamara, reformulam a história, estereótipos e expectativas culturais de forma provocativa. “Quando cheguei à Europa, todos os heróis, os ícones, a cultura era baseada em heróis brancos no cinema”, diz Comte, que reformulava esses ícones como homens e mulheres negros. “A exposição não é uma resposta. Na verdade, é questionamento. Para mim, foi interessante trabalhar com Kamara porque temos problemas semelhantes”. E por último, além da fotografia, Comte lança uma linha de roupas. Uma coleção de tricôs desenhados por Lois Saunders. “Eu queria fazer roupas para todas aquelas garotas de 15 anos que tiram fotos no Instagram, que amam moda, aquele estilo de roupas”, disse. A tendência de fotógrafos abraçando outras competências está cada vez mais evidente. Agora com essa nova fase que combina o mundo virtual e real. Uma tendência que ao longo do tempo deve impactar toda as áreas da fotografia. Hugo Comte (@hugocomte) • Fotos e vídeos do Instagram

Precisando de ajuda com seu Marketing na Fotografia? Então confira o Plano