IMS Paulista promove oficina de fanzines na retrospectiva do fotógrafo Daido Moriyama

No próximo sábado (6 de agosto), às 14h30, o IMS Paulista realiza uma oficina de criação de fanzines, inspirada na exposição do fotógrafo japonês Daido Moriyama (1938), em cartaz no centro cultural. A atividade integra a programação da retrospectiva, que encerra seu período de visitação no dia 14 de agosto.



Vista da exposição de Daido Moriyama. Crédito: Adima Macedo.

A oficina recria uma performance realizada por Moriyama em 1974, em Tóquio. Ao invés de montar uma exposição convencional para apresentar um trabalho feito em Nova York, Moriyama se instalou numa pequena galeria com uma máquina de xerox e produziu fanzines, que montava e encadernava na hora enquanto os visitantes escutavam música e tomavam um café.

Seguindo o formato da performance original, os visitantes da retrospectiva poderão criar seu próprio fanzine fotográfico com as imagens feitas por Moriyama quando esteve em São Paulo, em 2007, exibidas na mostra. Cada participante irá editar sua publicação, que então será encadernada com uma capa em serigrafia.

Primeira grande retrospectiva do artista na América Latina, a mostra reúne mais de 250 trabalhos, além de uma centena de publicações e escritos do fotógrafo. A seleção traz obras de diferentes momentos da carreira do artista, desde o interesse pelo teatro experimental dos anos 1960, passando pelos trabalhos contestadores dos anos 1970, até a documentação das cidades e a reinvenção do seu próprio arquivo nos últimos anos.

Com curadoria de Thyago Nogueira, coordenador da área de Fotografia Contemporânea do IMS, a exposição é resultado de três anos de pesquisa. Além das obras emolduradas, a mostra traz revistas e livros, destacando como a produção do fotógrafo está associada à indústria editorial, mais do que ao circuito da arte.

A exposição conta também com um tour virtual, que pode ser acessado neste link, e com um catálogo, à venda nas livrarias e na loja online do IMS.



Livros exibidos na exposição Realidade e corrosão: fotolivros japoneses contemporâneos, em cartaz na Biblioteca de Fotografia do IMS Paulista.



Na próxima quinta-feira (4 de agosto), às 18h, haverá também uma conversa sobre a mostra Realidade e corrosão: fotolivros japoneses contemporâneos, exibida na Biblioteca de Fotografia do IMS Paulista. O bate-papo contará com a presença dos curadores Daniele Queiroz e Miguel Del Castillo e do pesquisador Daniel Salum.

Em cartaz desde abril, a seleção dialoga com a retrospectiva de Moriyama. Em uma vitrine da biblioteca, são apresentadas desde publicações de nomes jovens da fotografia japonesa, com obras dos anos 2000 em diante, até de artistas já est