Fotografar 2019: um evento para movimentar o mercado fotográfico

Em sua décima terceira edição, os números nos últimos anos desse evento demonstram sua importância. Mais de 30 mil visitantes em 4 dias (contando as atividades no dia anterior a feira). Mais de 30 milhões de reais em negócios gerados na feira. Mais de 5 mil pessoas participando das atividades educacionais nos 3 dias das 8 atividades educacionais (e culturais) que ocorrem no evento.

Deve ser por isso que após 12 anos a Fotografar se tornou o maior evento de fotografia da América Latina. Uma das razões de movimentar tanto o mercado fotográfico brasileiro é simples. Trata-se de uma feira grátis mas que atrai público qualificado. Muitos inclusive que estão começando ou buscando uma nova oportunidade de faturar com fotos. E isso nas mais variadas áreas do ramo. Outro motivo: é grátis para entrar e conferir tudo o que as 80 empresas representando mais de 300 marcas levam para o Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca.

Pioneirismo histórico. A Feira Fotografar surgiu primeiro como um congresso. Em 2004 ocorreu o Congresso Paulista da Foto. Sempre com a participação das marcas e com mais de 500 fotógrafos sobretudo do estado de São Paulo. Depois de algumas edições evoluiu para a Feira Fotografar. No primeiro ano no Fecomércio SP e depois na segunda edição já no Frei Caneca. Quando surgiu só existia um grande evento de fotografia no Brasil. A PhotoImage, depois vieram outros. O lado inovador da Feira Fotografar estimulou o mercado fotográfico brasileiro em várias frentes:

  1. Foi o primeiro evento a trazer palestrantes internacionais para palestrar sobre fotografia de casamento e isso acabou estimulando iniciativas semelhantes no país. Hoje é comum ver fotógrafos e fotógrafas referências (ou não) de casamento, família e newborn palestrando por aqui. A Fotografar se sente responsável por isso no ramo.

  2. Foi a primeira a realizar um evento voltado para o mercado de fotografia de formatura

  3. Pioneira nos workshops internacionais e experiências fotográficas durante a Fotografar. Como o workshop de casamento com Brian Marcus na Rua Avanhadava com direito a noiva ou a fantástica vivência de um dia com Fernanda Petelinkar em um dia inteiro em uma fazenda próxima da cidade de São Paulo.

  4. Pioneira nas consultorias com especialistas de várias áreas da fotografia com o Consulting Team.

  5. Pioneira com o FHOX Talks até hoje única atividade grátis e de alto nível em um grande evento de fotografia.

  6. Com a preocupação de fomentar o mercado, sempre sem cobrar entrada. Ciente que isso atrai curiosos, mas que o entusiasta de hoje é o empreendedor do mercado fotográfico de amanhã.

  7. Único evento a organizar prêmios de empreendedorismo como “Eu sou Completo” ou a Levar o Prêmio Performa para dentro da Fotografar.

  8. Pioneirismo com a única premiação mundial para escolher o melhor álbum de casamento sem custo para o participante. E agora com a mesma proposta para fotografia newborn.

  9. Primeiro evento de grande porte que levou temáticas em atividades dentro da Fotografar. Caso do Fórum Fine Art, Fórum de Negócios com Foto e outras atividades exclusivas.

  10. Único evento do mercado fotográfico com um propósito claro que persegue um objetivo só: motivar o mercado estimulando a impressão e os negócios da fotografia.

  11. Criado por Carlos Dreher, fundador da FHOX (1953-2012), o evento sempre teve um valor nobre. Ser útil, confortável e levar informações de alto nível para quem visita. E gerar ótimos negócios para quem expõe.

Veja as atrações da edição de 2019 da Feira Fotografar que irão movimentar o mercado fotográfico mais uma vez.

Tudo para você e o seu negócio de foto na feira com lançamentos e novidades. Mais do que isso, oportunidade real de encontrar e con