Fotógrafa brasileira acompanha rotina de uma família em Londres

Fotos: Camila Pastorelli


Camila Pastorelli se mudou para Londres, no Reino Unido, no dia 15 de março de 2020. A mudança já era planejada há alguns meses e quase teve que ser adiada pela crise do novo coronavírus que se espalhou por todo o mundo. Uma semana depois de ter chego em Londres, o lockdown foi oficialmente decretado pelo governo britânico, restringindo a mobilidade de pessoas que não trabalham com serviços essenciais a apenas um exercício diário, idas pontuais ao supermercado e farmácia ou ainda deslocamentos ao escritório, caso não possa trabalhar de casa. 

Apesar da restrição no dia 23 de março, as medidas de isolamento social já vinham sendo aplicadas por diversas famílias, como na casa dos Lyon, uma família composta por um fotógrafo britânico, Marcus, uma ambientalista brasileira, Bel, além de suas duas crianças ‘brasinglesas’, Arthur e Florence. 

A fotógrafa Camila Pastorelli permaneceu na casa da família com quem já mantinha uma relação de amizade e trabalho há alguns anos, enquanto aguardava a possibilidade de alugar um espaço para morar.

Durante os 30 dias que passou na casa, Camila acompanhou a rotina da família que se revezava nas tarefas domésticas, no trabalho home office e na atenção e cuidado com as crianças, que conheceram uma nova rotina de diversas aulas dentro de casa, uma forma de home school, com a ajuda da aupair brasileira Paula Pimentel. 

Entre uma conversa e outra por vídeo chamada com os avós; um quebra-cabeça para montar; uma noite de karaokê com pizza feita em casa e aplausos semanais para a equipe do sistema de saúde britânico (NHS) na frente de casa, os dias foram passando e a nova rotina foi sendo criada, sempre com muita criatividade e animação. Ferramentas essenciais para seguirmos durante esse período.