FestFoto 2019 começa essa semana em Porto Alegre

Pela primeira vez, a Fundação Iberê Camargo dedica toda sua área expositiva à fotografia e recebe a 12ª edição do Festival Internacional de Fotografia de Porto Alegre – 27 de abril a 26 de maio de 2019. O evento reúne autores, especialistas e oferece ao público uma agenda de atividades e exposições gratuitas que tomará conta dos três andares da fundação no primeiro final de semana do evento. Os seminários e atividades presenciais ocorrem entre 27 de abril e 1º de maio, enquanto as exposições principais seguem até 26 de maio.

Com o tema Diásporas e uma programação totalmente dedicada à fotografia, o FestFoto abordará os deslocamentos provocados por crises políticas e ambientais, além de dar espaço para os dilemas identitários contemporâneos. O destaque da programação é a exposição coletiva de fotografias em grandes dimensões que reunirá obras de brasileiros e estrangeiros, selecionados a partir da visita e participação dos curadores em eventos internacionais.

FestFoto

Sueño sudamericano / Cristian Ochoa


Entre os destaques, teremos o projeto Humanae, da artista carioca radicada na Espanha, Angelica Dass. Paisagem Movediça, de Bruno Bernardi, fala sobre o deslocamento dos moradores do distrito de Bento Ribeiro, em Mariana (MG), provocado pelo rompimento da barragem da Samarco-Vale. Por fim, outro destaque é Patagônia em Conflito, projeto em andamento do argentino Pablo Piovano sobre as disputas pela propriedade de terra no território do povo Mapuche.

A mostra também apresenta casos emblemáticos de deslocamentos humanos como o êxodo dos africanos no chamado Genocídio em Ruanda, fotografado por Américo Mariano na década de 90. O caso recente dos colombianos, que após duas décadas de guerra interna, buscam no uma chance de prosperidade em Antofogasta (Chile), também será apresentado pelo fotógrafo chileno Cristian Ochoa no ensaio Sueño Sudamericano.

FestFoto

Purgatório / Ignacio Iturrioz


As atividades presenciais começam com a conferência Imagem e Imigração na Europa, do curador italiano Enrico Stefanelli, que fará uma retrospectiva histórica da produção fotográfica europeia sobre imigração e a recente crise provocada pelo deslocamento de refugiados africanos pelo Mediterrâneo.

Outra novidade de 2019 é a realização da Residência Artística, voltada especialmente para residentes no Rio Grande do Sul, cujos resultados comporão a mostra e serão tema de um seminário.

Fotograma Livre

Na programação expositiva, os 20 finalistas do Fotograma Livre, concurso internacional promovido pelo FestFoto e LensCulture ganharão destaque com a exibição de seus trabalhos em formato digital e impressos. O concurso recebeu inscrições de artistas e fotógrafos de 19 países e tem como objetivo estimular o desenvolvimento da linguagem fotográfica multimídia e ampliar o intercâmbio entre os países. Em 2019, pela primeira vez, artistas do Irã e Cuba participam da mostra.

O concurso foi vencido pelo Coletivo VEO, formado por Bruno Crocianelli (Argentina), Flavio Edreira (Brasil), Eleonora Ferri (Itália), Jean-Matthieu Gosselin (França), Maria Munzi (Argentina), Ullic Narducci (Itália), Nathalie Vigini (Suíça). No trabalho Veinte Pequeños Azulejos Grises, o grupo armou um mosaico para explorar a ideia de dispersão embutida no conceito de diáspora.

FestFoto

20 azulejos grises / Coletivo Veo


Eles explicam: “Em vinte pequenos retângul