Exposição em SP alerta sobre importância do diagnóstico precoce do câncer de mama

Durante todo o mês de outubro a exposição “Mulheres no Espelho” leva à diversos locais de São Paulo a história de 15 mulheres e sua luta contra o câncer de mama. As fotos ficarão em cartaz em estações de metrô, shoppings, no Hospital Santa Marcelina, na Galeria Studio Trend (Alto de Pinheiros) e até no Sport Clube Corinthians.

A mostra além de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, promove o aumento da autoestima em mulheres que estão em tratamento. “Depois de passar por um câncer de mama , você aprende que precisa aproveitar tudo que a vida tem de bom”, disse a vendedora Cristina Patricia de Aguiar.

[/media-credit] Cristina Patricia de Aguiar


Além de prestigiar a exposição, o público poderá conferir em vídeos os depoimentos das 15 mulheres sobre os maiores desafios no processo de superação da doença.

Grávida quando descobriu um nódulo no seio, a jovem Joyce Souza, de 32 anos, pensou que não iria ver a filha Sofia completar seu primeiro ano de vida. “Estou muito feliz por estar superando a doença e servir de esperança para tantas outras mulheres. Somos guerreiras, cada uma com uma história”, contou ela que disse ainda ter adorado participar do ensaio fotográfico. “Me senti uma diva”.

[/media-credit] Joyce Souza


A produtora FhoxPlay produziu o vídeo da campanha, que conta com alguns depoimentos das mulheres que participam dessa ação.


60 mil novos casos no Brasil

O câncer de mama é um dos tipos de tumor mais comuns em mulheres. Todos os anos são detectados mais de 60 mil novos casos no Brasil.

De acordo com Cristina Gomes, presidente do Instituto Viver Hoje, desde o lançamento, em Nova York (EUA), nos anos 1990, a Campanha Contra o Câncer de Mama, cresce pelo mundo com o objetivo de alertar, chamar ao autoexame e à necessidade de controle rigoroso assim como compartilhar informação, apoio e carinho.

Quem perder a exposição em outubro, ainda poderá conferir a mostra na estação Fradique Coutinho de 1 a 30 de novembro. Além de São Paulo, a mostra estará em cartaz na cidade de Mirinzal (Maranhão).

[/media-credit] Adriana