Indústria 4 meses atrás | Redação

Nikon anuncia os resultados do último ano fiscal

Fabricante entrou no vermelho pela primeira vez em sete anos, mas a projeção é de melhoria para o ano que vem

por Revista FHOX

Color-of-the-Nikon-Logo

O anúncio ocorreu na semana passada. A Nikon teve prejuízo de 62 milhões de dólares no ao fiscal que se completou em março passado. A empresa justificou as perdas por conta dos custos de reestruturação. É a primeira vez que a Nikon entra no vermelho em sete anos. No último ano, a Nikon teve lucro líquido de 18 bilhões de ienes.

Sendai-Nikon-03

O fato é que a Nikon está engajada no projeto de reestruturação desde novembro passado, com cortes de pessoal (mil funcionárias foram mandados embora) e ajustes na produção. Resultado direto da queda nas vendas de câmeras digitais e da produção de semicondutores. Aliás, a boa notícia para a marca é que o lucro operacional na divisão de semicondutores cresceu mais de 60%. Curioso é que essa aceleração das vendas aconteceu pela forte demanda dos fabricantes de smartphones. A Nikon espera crescer as vendas e projeta lucro operacional para março de 2018. Para o site Asia Nikkei, Kazuo Ushida, presidente da Nikon, disse que os planos de crescimento estão dentro do programado. O artigo da Nikkei indica que para poder retornar aos lucros, a fabricante precisa passar por essa fase difícil.

Satellite-images-Nikon-Sendai-plant-1024x633

As vendas do grupo como um todo tiveram queda de quase 9% no último ano. Queda que não está relacionada apenas ao avanço dos smartphones. Na verdade, houve também o impacto dos abalos dos terremotos e valorização do iene no ano passado.

Notícias relacionadas